segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Tantas prendas


Como já aconteceu o ano passado, considero que o monte de presentes que o Tomás recebe é obscenamente grande. Tenho a certeza que haverão crianças que recebem mais, mas hão imensas que recebem substancialmente menos (ou até nenhuma) e, isso deixa-me muito triste.


Também me debato com a minha vontade de educar o Tomás num ambiente de presentes q.b., mediante bom comportamento durante o ano.


Mas, até agora ainda não pude fazer grande coisa quanto a isso, pelo que me limito a guardar 70% das prendas que aparecerão daqui a uns meses, como se fossem novidade!


Cá vão algumas fotos dos presentes, sendo que ainda faltam uns poucos...

Boas Festas


FELIZ NATAL E UM EXCELENTE 2010

Festa da Creche


A festa foi tão linda.. Tirando um ou outro percalço, sendo que o mais complicado foi o Tomás não ter querido participar em quase nada, tendo ficado grande parte do tempo agarrado a mim e a outra parte, a tentar destruir o cenário!!


Cá fica uma foto do meu duende amoroso.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

18 meses

O meu bebé fez 18 meses no sábado... Está tão grande e esperto (sim, sou suspeita para dizer isto, mas não sou a única!) que me espanto todos os dias quando olho para ele.
Ontem foi dia de vacina. Chorou um pouco mas passou rápido..
Hoje, é dia de festa de Natal na escolinha e, eu estou ansiosa por ir ver o meu "sino" a fazer dlim-dlão. Pilhas da máquina fotográfica carregadas, bateria da máquina de filmar carregada, prenda da creche a postos, comida pronta... Estamos a contar os minutos para as 17.30... :)

domingo, 13 de dezembro de 2009

Digam-me lá se é normal...

Pergunta 1 - Ao fim de algumas semanas de Método Estivill que corria sobre rodas e ele ia sozinho para a cama e dormia a noite inteira passamos a choradeira para ir dormir e acordar algumas vezes por noite e, querer à força toda que lá fiquemos com ele... :(
Serão os terrores nocturnos? Alguém passou por isso?
Pergunta 2 - O Tomás tem o rabo assado há vários dias, mas assado mesmo feio, com bolhas e tudo.. Já pus bephantene, halibut, pasta água avene, já deixei de usar as toalhitas mas a coisa ainda está feia... Alguém me dá sugestões??
Obrigada.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Beijinhos

Tenho um filho lindo e amoroso que dá beijos a torto e a direito. De manhã, quando acorda, vem ter comigo à cama e, é uma sessão de beijinhos e abracinhos. Depois, é frequente vir pedir colo e, dar-me ainda mais beijinhos e abracinhos.. O mais engraçado é que de há umas semanas para cá já faz mesmo o som do beijo e é o máximo.

Educação e regras

Li um post no blog da mommy marina e, em vez de deixar um comentário, resolvi contar a minha experiência nesse campo "minado" que é a educação.
O meu filhote é teimoso e, muito difícil de "dar a volta". Eu, que sempre disse que filho meu ia andar na linha, lá vou fazendo algumas concessões, senão passava a vida a ralhar com o miúdo.
Se há coisa que compreendi é que todas as crianças são diferentes e, eu dizer que o Tomás é teimoso é muito vago. Para se compreende melhor, ele AINDA não aprendeu que nas tomadas não se metem os dedos apesar de lho dizer há 7 ou 8 meses, de já ter levado umas palmadas na mão, de já o ter tirado de perto das tomadas 458.654 vezes, de já ter feito tudo o que me lembrei. Isto é só um exemplo das milhentas coisas que ele insiste que quer fazer e, eu insisto que não deixo. Sei, porque já vi, que nem todas as crianças são assim. Algumas não têm tendência para mexer, são mais sossegadas, mais obedientes, etc.
A cozinha é o meu pesadelo porque ele quer mexer em todas as gavetas e portas que lá encontra. Para evitar uma guerra aberta, cheguei a um consenso com ele (prevejo muitas negociações no futuro!!), há 3 sítios onde ele pode mexer: a porta onde estão as coisas dele (iogolinos, papas, frutas, etc), a porta do detergente da roupa (ele adora fingir que enche a bola de detergente líquido e colocar na máquina de lavar!) e, a gaveta dos "tupperware".
Curiosamente, o interesse pelas nossas coisas começa a passar-lhe, enquanto dantes, todos os tupperware saiam da gaveta, agora tira um, brinca, mete lá dentro de novo e fecha a gaveta.
Outra coisa que me surpreende é a árvore de Natal estar intacta. Ele gosta muito das luzes, toca nas bolas com um dedo, abana um dos bonecos que tem guizo e, adora olhar para o presépio e ver o Jesus e a mamã e o papá do Jesus.
Resumindo, uma coisa é aquilo que queríamos fazer com os nossos filhos, outra é aquilo que conseguimos fazer com eles. Não me considero nada branda em termos de educação mas, não posso estar sempre a dizer-lhe não, principalmente se o que ele quer fazer é inofensivo. Espero estar a fazer um bom trabalho com ele, em termos de educação, mas sei que faço o meu melhor, tendo em conta a personalidade do miúdo.

Beijinhos à esquimó

O Tomás aprendeu a dar beijinhos à esquimó, na 2ª feira, com a tia Olga e, agora não quer outra coisa. É um fofo. :)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Primeira viagem do Tomás para fora do país

E o local escolhido foi mesmo Espanha: La Coruña.
Foi um bom fim-de-semana, apesar de muita chuva e frio, em casa de amigos que foram anfitriões de 5 estrelas. Obrigada, amigos. Ahhh, e o Tomás gostou muito do vosso aspirador.. :)

domingo, 22 de novembro de 2009

Tenho curiosidade em saber se...

As minhas paredes de casa estão a ficar bastante feias, "arranhadas", com dedadas, etc.
O sofá já tem uma pintura do Tomás, feita com caneta de acetato.
Os móveis já ostentam alguns vincos feitos pelo terrorista cá de casa.
E, eu sou dura com ele e, não deixo fazer o que ele quer mas, o que é certo é que a casa já mostra que tem uma criança activa a usá-la.
... Isto também vos acontece?

Eu não acreditava que ia acontecer mas...

Quando comecei a aplicar o Método Estivill, a mamã Teté disse-me que custa aplicar mas que os resultados são visíveis e que Xavier já ia sozinho para a caminha.
Eu fiquei a pensar que isso seria óptimo mas, não criei muitas expectativas para não me defraudar!
Pois, pasmem-se que o Tomás, depois do banho e de ser mimado e etc, dizemos-lhe que é para ir fazer um ó-ó com o Mickey (o peluche que o acompanha de noite) e, ele trepa para cima da cama, agarra-se ao boneco, espera que o aconcheguemos e beijemos e, fica-se para dormir...
Bem, aqui os papás, ficam inchados de orgulho com isto. Depois de 15 meses de noites terríveis, temos finalmente um anjinho a dormir. :) Perfeito, perfeito, era acordar um pouco depois das 7 da manhã.. Mas, é o que se arranja!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

E...

...com os 17 meses veio também o 9º dente. Ou é de mim, ou é da vista, mas estes molares dão menos dores de cabeça que os primeiros. (Por dores de cabeça, leia-se noites mal dormidas!)

17 meses

E foram ontem os 17 meses do menino mais lindo, mais fofo, mais malandreco e irrequieto que eu conheço.. Só visto!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A razão da minha ausência...



Eu, viciada em Farmville, me confesso...
E, como o tempo não estica, tenho deixado o blog ao abandono!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Compras de Natal

Ontem já despachei 10 prendas de natal, com os 50% de desconto do Continente. Incluindo uma para o Tomás que, quero crer que não vai chegar até ao dia 24 sem abrir. Como ele ainda não sabe ler, posso escrever o que lhe compramos: uma bancada de trabalho com imensas ferramentas.. Depois de tantos brinquedos ditos de menina (o aspirador, o ferro, o cesto das compras, etc), finalmente damos-lhe algo próprio de homem de barba rija... :)

E acabou...

Finalmente acabou a quarentena. Hoje o Tomás já foi para a escolinha e, no final foi brincar para casa da avó...
Ele está óptimo e, recuperou muito bem.
Esta semana ou na próxima vou marcar uma consulta no pediatra, para lhe fazer um check up, a ver se está tudo bem.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Ahhhh

Estou fartinha de estar encafuada em casa. O Tomás, então nem se fala, pobre bebé.
Desde 2ª feira que temos estado eu e ele sempre juntos. Passa a vida agarrado às minhas pernas, a pedir mimos. A mãezite aguda agravou-se consideravelmente e, não sei como vai ser o regresso à escolinha.
Pela parte que me toca, este período de quarentena está a ser pior que qualquer gripeA. Penso que falo por ele também.
Queremos que isto passe rápido, faxavor!!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Quarentena II

Devo acrescentar ao post anterior, que não faço a mais pequena ideia de onde surgiu este contágio.
Na escolinha, houve um caso de um menino que fez o teste mas, segundo a informação que me deram, ele tinha problemas em respirar porque é asmático, não tinha sintomas concretos da gripe A. Ainda não se sabe o resultado do exame mas, mais ninguém na escolinha teve sintomas.
Durante o fim-de-semana em casa dos meus pais, ele teve febre. O Tomás é raro fazer febre, mesmo com otites e coisas do género. Assim, liguei para a Saúde 24, deram-me as informações onde me dirigir e, acabei na urgência de um hospital, onde fizeram o teste ao rapazinho apenas porque eu disse que ele tinha estado em contacto com 2 pessoas de risco (uma grávida e um cardíaco) e, ficaram de me dar o resultado na 3ª feira.
Mas, passaram os sintomas e ficou apenas o ranho e a tosse e, eu sosseguei, imaginando que era uma constipação normal. Ontem, por volta das 21h, liga-me uma médica a dizer que o resultado era POSITIVO.. Fiquei em choque mas, segundo a mesma médica, esta gripe, numa criança saudável, seria como uma gripe normal. E, realmente é isso que tem acontecido.
O Tomás não só está óptimo como está aqui na minha frente, com o mesmo ar reguila de sempre, a tentar apanhar-me o PC e a brincar com tudo o que lhe aparece à frente.
Enfim, aguardo que connosco se passe assim também e, que passe rápido... A partir de hoje, deixo de ficar assustada assim que se falar em gripe A.. Já contribuimos para essa procissão..

Quarentena

A malvada gripe A veio bater-nos à porta!
O Tomás foi contagiado com o vírus e, agora esperamos pacientemente que se manifeste em nós.
Enfim, daqui a 1 semana estaremos rijos que nem pêros.. I hope!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Motivação

Sábado fiz qualquer coisa como 41 kms a pé... (uma parte do caminho para Fátima)
Se arremesso de beatas e levantamento de copos não contarem como exercício físico, devo dizer que estava para lá de enferrujada e, estou em crer que nunca tive tantas dores na vida (nem para o Tomás nascer e, acreditem que o parto do gajito foi duro como ó caraças!)
Lá para o km 37, eu não andava, arrastava os pés pelo alcatrão e queixava-me que se não parassemos brevemente, teriam que arranjar uma padiola para me levar. De repente, vejo ao longe alguém a acenar-me. Obrigo os músculos doridos dos olhos a concentrarem-se e vejo as minhas 2 pessoas favoritas deste mundo que vieram mais cedo para ver como me estava a aguentar.
E aí deu-se o verdadeiro milagre.. É que quase corri para ir ter com eles. :)
Cá fica a deixa: Tomás, na traseira de uma carrinha de caixa aberta, à minha frente enquanto eu caminho e chego a Fátima enquanto o diabo esfrega o olho!

Extreme Makeover Home Edition

Já aqui escrevi que desde os 5 meses que o Tomás dorme numa cama de solteiro.
Primeiro com uma protecção lateral de 90 cms e, 2 quedas depois, colocamos esta protecção no fundo da cama e, juntamos outra de 140 cms para a lateral.
Mas, o meu grande medo sempre foi que ele se levantasse, agarrasse às protecções e decidisse experimentar a forma mais rápida de descer da cama.. Assim, até há pouco, assim que ele fazia um barulho de noite, lá estava algum de nós (por norma o papá!) para evitar que ele tivesse tempo de fazer queda livre. Agora com o Método Estivill, a coisa tem que ser um pouco mais calma, não correr logo, deixá-lo chorar um pouquinho, se necessário, etc e tal.
Depois de muito pensar (ok, bastou-me uma noite em que estive deitada no chão ao frio, para o caso dele se atirar!!) e, de o ver a retroceder, graças a este nosso medo, desmontou-se a cama e, toca a pô-lo a dormir no chão... Só precisamos de arranjar uns pés para levantar o estrado do chão uns 10 cms e, pronto, nada a temer! E agora, a cama só volta quando ele tiver juízo, muito juízo.. Lá para os 15 ou 16 anos... :D
Ele gosta de ter a cama ao nível dele.. Agora chega ao quarto e, senta-se na bordinha, todo senhor de si, com um livro na mão e tal... Um homem...

Teimosia in extremis

Aqui o meu filho adorado tem essa característica que me põe doida.. E, pior ainda, ele não dá o braço a torcer (salvo seja). Digo que não, tiro-o do sítio, olho com cara de má, dou palmada na mão e, nada o demove do que ele quer... nada.. a não ser que entretanto veja algo que queira ainda mais... :)
Há dias em que até levo a coisa na boa, há outros em que só me apetece atirar-me para o chão e fazer uma birra...

terça-feira, 20 de outubro de 2009

16 meses

Ontem o meu bebé fez 16 meses...
E está tão crescido. Ontem jantou completamente sozinho e, o chão ficou razoavelmente limpo...
Preciso de um babete, com urgência, faz favor!!

Hoje não chorou...

Quando o deixei na creche.. Nem ontem..
Sentia-o à beira das lágrimas mas aguentou-se... Estou tão orgulhosa e feliz... :)

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Colecção de motas do papá

Não vão durar muito, não, não.. Principalmente depois que o Tomás começou a chegar ao expositor onde estão.. Eh eh eh...

Mas que raio??

Alguém é capaz de me dizer se ao fim de mais de 1 mês de creche ainda é normal ele lá ficar a chorar? Não seria normal já se ter habituado?
Então e, à 6ª noite de método estivill ainda chora? Também não se deveria ter habituado?
Bolas.. A seguir sou eu quem vai chorar e fazer birra.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Humores

Por cá, o humor do Tomás anda negro. Por 3 razões:
1. Método Estivill
2. Os primeiros molares estão a romper
3. Regresso à creche depois de 1 semana de férias com os papás

Não está fácil...

4ª e 5ª noite

Ontem, não chorou mais de 1 minuto e, dormiu a noite toda até às 8.
Hoje, choramingou ainda menos que ontem..
Estou tão contente. :)

domingo, 11 de outubro de 2009

3ª noite

Foi a avó que o adormeceu, seguindo o método (mais ou menos). Disse que demorou 5 minutos a adormecer. De madrugada, acordou e foi uma revolução... Chorou que se desunhou e estava difícil calar-se..

sábado, 10 de outubro de 2009

2ª noite

Ok, a noite passada chorou um pouco mais, uns 15 minutos, tendo começado a chorar assim que entrou no quarto.
Acordou 1 vez de noite e, foi preciso lá ir 2 vezes para adormecer.
Às 8 da matina estava acordadíssimo.. E, se antes me deitava na cama dele e, ele dormitava mais 1 hora, agora acabou-se.
Uma coisa que noto é que ele está muito mais dependente de nós.. Se saímos da divisão onde ele está, há quase sempre choro. Pede mais colo, dá mais abraços e beijinhos, agarra-se a nós com uma força descomunal.
Será normal?

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Balanço da 1ª noite e sesta

E, durante a noite acordou 2 vezes: uma só choramingou e calou-se, da 2ª vez chorou a plenos pulmões, fui lá, disse-lhe as coisas do costume e saí.. Gritou uns segundos e calou-se.
De manhã, às 8.45, ouço-o a chorar e disse ao pai (que já estava a saltar da cama) para deixar passar uns segundos. Ele não se calou e eu levantei-me e dei com ele, já à porta da cozinha.. :)
Balanço da 1ª noite: Muito positivo. Apesar de ser persistente o suficiente para manter esta resolução até ao fim, iria ser mesmo penoso se ele chorasse horas.. (e, mesmo assim, já tenho o meu sistema nervoso alterado!)
Hora da sesta: mesma coisa que ao deitar.. Chorou 1 minuto e "apagou-se"... Já está a dormir quase há 2 horas.
Agora pergunto-me, será que vai piorar, ou daqui só tem tendência a melhorar?
Obrigada, mamã Teté, pelo comentário. Fiquei tão contente por ler o teu testemunho. Sinto-me menos só, neste sofrimento e anseio pelo dia em que o meu Tomás (à semelhança do teu Xavi), me diz que quer ir domir.. Suspiro.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

1ª noite de método Estivill

Deitei-o às 21.33 e gritou a plenos pulmões até às 21.37. Fui ao quarto 3 vezes, coloquei-o na cama, disse-lhe que o adoro e voltei a sair. Depois, acabou o choro. Perante o silêncio, fiquei inquieta e fui ver. Estava deitado na cama, mas acordado.. Gritou 10 segundos, quando saí e calou-se outra vez.
Agora, estou sentada no chão, à porta do quarto dele, para ouvir se ele sair da cama e, se magoar..
Tenho o meu coração em frangalhos e só chorou 4 minutos..
Deus me ajude, para continuar isto.

sábado, 3 de outubro de 2009

5 anos... JÁ???

E comemoramos ontem 5 anos de casamento..
And i love you right up to the moon and back, you know that..

Se eu estivesse mas é caladinha...

É que, o rapazinho parece que ouve o que digo e trata de fazer o contrário para eu ficar mal vista.
A última é que, eu "gabava-me" que ele adoooooorava leite. Bebia de manhã e à tarde e, era aos 300 ml de cada vez e, por ele continuava a beber...
Desde domingo que começou a deixar de querer. Bebia 100 ml e a custo. Esta manhã bebeu uns míseros 70 ml. Já dei 2 marcas diferentes e, nada de melhorar..
No infantário continua a beber 200 ml ao lanche, com o pão.
E, porque acredito que não vale a pena começar uma guerra com ele, aqui a mãe vai desistir do leite por uns tempos e, dar-lhe alternativas que ele aprecie.. Logo se vê se a coisa volta ao normal.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Actualizações do Tomás

Deixei de fazer estas actualizações mensais das coisas novas que ele vai fazendo, pelo que vou colocar um resumos das últimas novidades.

- Continua a dizer 3 palavras perceptíveis: "Mamã", "Papá" e "Olá" mas, no infantário já me disseram mais que uma vez que ele diz "Ai Jesus"... Nem posso crer.. :)

- Percebe tudinho o que se lhe diz... Às vezes faz é de conta que é surdo...

- Come sozinho mas é uma badalhoqueira indescritível. A colher ou o garfo fica esquecido numa mão e usa a outra como talher... (Nos restaurantes, antes de sair, dedico sempre um pouco a limpar o maior do chão... para não parecer tããão mal!!)

- Não liga nenhuma a TV, nem a DVDs dos heróis da miudagem.. Ontem coloquei um DVD do "Espectáculo Bugs Bunny" e ele olhou 30 segundos, se tanto, e desarvorou para outras bandas!

- Continua com 6 dentes mas, parece-me que vão aparecer mais a curto prazo.

- Tudo para ele é um telemóvel e dá para falar, ou seja, já começou a fase do faz de conta..

- Come desalmadamente no infantário, repete mais que uma vez o prato principal e, à tarde, repete quase sempre a caneca do leite..

- Tem imensos veículos à disposição (triciclos, tractor, camiões, etc) mas, prefere de longe ir a empurrá-los que, colocar-se em cima deles.

- Não anda, corre. Parece o coelho da "Alice no País das Maravilhas", sempre atrasado para tudo..

- Tem paixão assolapada pela cadela que está em casa dos meus sogros.. Quando lá chegamos, os avós estendem-lhe os braços, ele desata a correr, passa-lhes ao lado e, vai para a cadela.. Ela também gosta dele mas, como ainda é nova é muito brutinha, uma vez, ele chegou-se perto demais, ela queria chegar-lhe para o lamber mas, arranhou-lhe a cara com uma unha..

- Ultimamente, os brinquedos de eleição são o aspirador (o cor-de-rosinha!!!), a vassoura e o ferro de engomar..

- Faz muitas gracinhas: acena adeus, atira beijinhos, faz chiu, dá turrinhas...

- Continua imensamente sorridente mas, é selectivo. Há pessoas que lhe inspiram confiança quase imediatamente e outras que nem por isso..
- Adora tudo o que seja de encaixe, passa imenso tempo a tirar e a encaixar..

- Tem um fascínio imenso por mangueiras, torneiras, chuveiro, comandos, garrafões, etc

To be continued

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Viva o Outono


Hoje, para comemorar a entrada no Outono, fizeram este belíssimo frasco de Compota de Maçã. Não dá para ver bem, mas o pano branco tem uma folha em tons outonais, com a técnica do guardanapo e o nome do Tomás...
Ainda me falta ter as fotos dos trabalhos feitos na "Semana do Chocolate", onde fizeram pinturas com chocolate, ouviram a história "Hansel e Gretel" e, fizeram salame de chocolate.
Pelo que me disseram, no dia das pinturas com chocolate, o Tomás não estava com grande vontade mas, assim que meteu a mão no chocolate já ninguém o parou. Na história, não esteve sempre sossegado a ouvir, preferiu deambular pela sala. Do salame, pelos vistos só não o comeu todo porque não o deixaram. Comeu meia fatia e, vá lá, va lá..
Ontem, encontrei-o na sala, com os outros meninos, a trabalhar uma massa de pão, tipo plasticina, com moldes e isso.. No momento em que entrei na sala estava ele a tirar um bocado de massa e a comer.. De seguida saltou-me para o colo e, sujou-me toda de massa.. :)
Acho estas coisas que eles fazem na creche tão amorosas...

Fada do lar

E, a "fase da vassoura" foi substituída pela "fase do aspirador"...
Desde que o comprei, o rapaz anda com ele para todo o lado. Devo dizer que foi o brinquedo que ele brincou mais tempo, non stop, de todos os que tem.
Chato, chato é o aparelho ter pilhas e, quando está a trabalhar faz um zumbido incomodativo.
Pior ainda é que o puto acha ainda mais piada ao barulho que a dita máquina faz e, tem aquilo sempre ligado.. (e eu e o pai rezamos para que as pilhas acabem rápido)
De referir que o Tomás tem também um ferro de engomar... E uma vassoura pequena.
Temos fada do lar!! :)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Nostalgia

E a 1 dia de fazer 15 meses que esta foto foi tirada, sinto-me imensamente nostálgica. Onde está este pequenino bebé? Todos os dias abraço um menino grande e cada vez mais crescido e, sinto-me abençoada por isso, mas gostava de ter este bebé uma vez mais nos meus braços, voltar a sentir-lhe o cheirinho a bebé, tornar a beijar-lhe os dedinhos e, repetir-lhe vezes sem conta ao ouvido que o amo daqui até à lua.
O tempo é mesmo cruel, passa depressa demais.
(Suspiro)

Consulta dos 15 meses

Peso - 11,390 kgs
Altura - 79 cms
Um rapazinho crescido e saudável, como se quer... :)
2ª feira temos vacinas: as do PNV e uma outra recomendada pelo pediatra, que vai substituir a Prevenar dos 18 meses.
Voltamos ao "Xô Doutor" em Dezembro, com 1 ano e meio.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Angústia

Meu Deus, estou mesmo a sentir-me angustiada.. Depois de 3 dias maravilhosos em que o Tomás ficava bem na creche, eis que ele começa a perceber que vai ficar, mas sem mim e, agarra-se ao meu pescoço e chora desalmadamente. Eu, faço-me de forte, dou-lhe beijinhos, digo que volto à tarde para o buscar e saio.. Ele continua a olhar para mim, enquanto me afasto, a chorar. E o meu coração fica tão, mas tão pequenino que deixo de o sentir...
Dizem que ele vai deixar de chorar e, eu não vejo a hora de isso acontecer, sob pena de enlouquecer de angústia.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Receita de pizza para bebés




Cá está a história da pizza que ainda não tinha sido ilustrada..
O blogger trocou-me a ordem das fotos mas, na 3ª estava o Tomás a amassar a massa, como um verdadeiro profissional (chorou desalmadamente quando lhe tiramos o rolo das mãos)
Na 2ª foto temos o aspecto delicioso da pizza para bebé, para a qual dou já a receita.
Portantos, um pouco de massa de pão crua, molho (tomates maduros, alho francês e cenoura, tudo passado com a varinha), fiambre e queijo ralado. Vai ao forno.
Na 1ª foto temos um rapazinho feliz da vida a comer pizza. :)

Trabalhos manuais


A modos que passei a semana, aos bocadinhos, a fazer esta pasta para arquivo dos desenhos do Tomás no infantário.
Queria algo diferente da pasta comprada, com o nome dele impresso numa etiqueta (não é que seja mau, mas eu queria algo personalizado) e, foi isto que saiu. Eu adorei o resultado e a educadora também elogiou a obra (cof cof cof)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Cara amassada

E o meu miúdo tem 2 galos na testa e, uma nódoa negra na bochecha.. Isto já sem falar nos pequenos arranhões, mossas e afins nas pernas e braços. Mas, a bem dizer da verdade, preocupo-me mais quando é na cara, o resto sara rápido.
Pobre menino, parece que teve um encontro imediato com um pugilista.. :)

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Fim de semana

Este fim de semana deu para ir ver um concerto dos The Gift, deixando o garoto em casa da avó a dormir até chegarmos!
Houve casório e, como sempre, é bom estarmos com os amigos que vêm de perto, de longe, de todo o lado!
E o miúdo portou-se lindamente, quer em casa da avó, quer no casamento.
Afinal, já é um menino crescido... :)
Agora dorme o "sono dos justos" que as sestas foram curtas e o sono era muito.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Estou feliz

... com a minha/nossa decisão de colocar o Tomás na creche.
Até ao dia 31 de Agosto as minhas convicções de que a creche lhe faria bem estavam abaladas. Sofri ao pensar que o ia tirar da avó, onde tem amor a rodos, por um local onde não sabia como iria ser em termos de afecto. (Nunca pensei que não fosse bem tratado, mas não sabia se ele iria gostar, se se iria sentir amado e protegido e, tal e coisa)
Hoje, tenho a certeza que encontrei o melhor sítio possível, com pessoas excepcionais que tratam o meu filho com muito amor e, com crianças que são do mais amoroso que possam imaginar e, que aturam as sacanices do meu pequenino e, ainda lhe dão beijinhos por cima.
E, estas coisas não me são ditas, vejo-as no tempo que lá passo quando o vou deixar mas, sobretudo quando o vou buscar. Vejo no carinho com que lidam com as crianças que lá andam, que elas estão felizes. Vejo no Tomás que ainda se agarra a mim quando lá chega, mas que vai com a C. ou com a S. de bom grado e sem choros.
Gosto quando lá entro e, tenho os outros meninos a contarem-me que "O Tomás portou-se bem, mas chorou para dormir", não há nada que não contem, do rapazinho!
Gosto de ver o rapazinho que tinha o pai à espera à porta, para irem para casa e, ainda volta atrás para dar um beijinho ao Tomás e à educadora!
Estas coisas dizem-me muito e fazem com que me sinta absolutamente segura quando deixo o meu filho na creche.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Quando o fui buscar..

Às 15.45 fui buscar o Tomás, como combinado.
Lá andava ele, de um lado para o outro, na sala onde tinham feito a sesta.
Segundo a educadora:
- ele comeu bem ao almoço, mas não quis que lhe metessem a comida, optou por comer à mão (imagino a javardice!!);
- durante o almoço, os 2 meninos que estavam ao lado dele, foram constantemente assediados, ora puxava babetes, cabelos, roupas, etc (nem sei como não lhes roubou a comida!!);
- quando chegou a hora de ir dormir, estavam os meninos todos deitados e, ele levantava-se e ia puxar as mantas, tirar os sapatos e meter-se com eles, não deixando ninguém dormir. Pelos vistos, foi uma risota pegada e a hora do sono foi adiada, graças ao meu pequeno terrorista (eu bem disse que isto ia acontecer!);
- ralha muito com os meninos todos, andando atrás deles de indicador em riste;
- é apaparicado por todos os outros coleguinhas, uma vez que é o mais pequenino da sala (por pequenino, digo mais novo..);
Maneiras que, correu bem e eu fiquei bem mais aliviada... :)

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

1º dia de escolinha

Obrigada a todas pelos comentários amorosos a desejar as melhoras ao Tomás.
Com o Brufen, as dores passaram e, ele está muito melhor.
Estando ele bem, lá fomos nós para a escolinha. Cheguei lá com um bebé num braço e a tralha toda dele no outro. Assim que a C. (uma das monitoras) começou a falar-lhe, enfiou a "fronha" no meu ombro e fez de conta que não era nada com ele! Mau, pensei eu com os meus botões, como vai ser isto?
Assim que o pousei no chão, ele foi logo para a casa de banho, agarrar os sapos que estavam lá. (ainda se lembrava deles, da semana passada)
Passado um bocado já lá andava ao colo da C., a brincar com os outros meninos, enquanto eu falava com a educadora, a dar pormenores da personalidade às vezes difícil, do meu menino.
Como lhe expliquei, o mais difícil será a sesta e, talvez comer, já que ele come bem, mas pode estranhar o novo ambiente.. Quanto à sesta, não sei mesmo como vai ser, uma vez que ele para tentar não dormir, distrai-se com tudo, mais ainda tendo 14 meninos deitados à volta dele. Acho que o Tomás vai encarar isso como um jogo e, vai se pôr a passar por cima deles, como faz connosco. Ou posso ser surpreendida e ele adormecer bem..
Enfim, só sei que não chorei quando o deixei lá, mas estou ansiosa para ir lá buscá-lo e saber como correu o dia.
Recebi uma mensagem agora mesmo, da educadora, a dizer "Um espectáculo!" e com uma foto dele sentado à mesa a comer, com um ar satisfeito.. Fiquei mesmo feliz com isto..

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Não foi hoje

Ainda não foi hoje que o Tomás foi para a escolinha.. Às 5.30 da manhã, acordou e gritou a plenos pulmões durante um par de horas.
Hoje de manhã levei-o ao médico (com ele sempre choroso e ranhoso, agarrado a mim) e, veio de lá com o diagnóstico de "otite".. Essa malvada, que me atormentou durante muitos anos, quando eu era criança e, agora voltou para massacrar o meu bebé.
Como não dormiu de noite, agora está a descansar, depois de ter adormecido no meu colo a soluçar desalmadamente!
Pode ser que amanhã já esteja em condições para ir para a escolinha!
Não posso deixar de pensar que isto é um prelúdio ao rol de doenças que se vão instalar cá em casa nos primeiros tempos de creche.. E eu que já não estou habituada a noites tão más, estou a sentir-me como se tivesse sido atropelada por um camião.. (ou dois!!)

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Amanhã é dia de escolinha

Já preparei todo o arsenal de coisas a levar..
Parece que sou eu que vou começar a escolinha amanhã!! Nem sei se vou conseguir dormir.
Vou tentar tirar fotos e, não chorar!! (já chorei um bocadinho quando lá estive na semana passada e o vi lá a brincar com os outros meninos.)
Amanhã vai lá estar só um bocadinho.
Vamos ver como corre a adaptação.
Estou nervosa ... :S

domingo, 30 de agosto de 2009

Pizza

E, ontem ao jantar o Tomás comeu PIZZA... E, adorou.
Assim que possa coloco fotos, porque o meu pequeno e maravilhoso PC, está com problemas.. :(

Como é que se anda nisto???

Pois, o Tomás ainda não sabe muito bem como se anda no escorrega.

Então, toca a tentar uma qualquer forma de o fazer.

E, foi isto que saiu. :)

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Tenho andado ausente

...mas estou quase a voltar.
Com as férias acabadas, terei mais tempo para visitar a blogoesfera.. com mais pormenor.
Até lá, continuem com as boas férias que, eu vou fazer o mesmo!
Beijinhos

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Das férias

Estão a ser espectaculares... Cansativas, é certo, mas espectaculares.

O Tomás adora tudo: areia, água do mar, da piscina, etc.
Já tomou banho de mar, de piscina e já comeu areia.
Até um gelado já comeu. Meio gelado, vá.. E era um mini milk (que é
mesmo mini). Tem comido bem, dormido bem de noite, as sestas é que não têm sido grande coisa, mas a coisa lá se vai dando!
Tem o adorado primo com ele (o da foto), que brinca com ele até à exaustão e, ele sente-se feliz como só visto! :)

14 meses

O meu menino tem 14 meses.. 14.. Quem é que pára o tempo, hein??
Bom, depois de uma fase em que começou a andar, passou a ter medo e começou a exigir a nossa mão, voltou a encher-se de coragem e agora, ANDA.. Mesmo, mesmo..
Agora é vê-lo para trás e para a frente, cá por casa (na de férias), geralmente perto de algo onde se possa agarrar se se vir aflito mas, de vez em quando aventura-se e lá vai ele, de bracinhos no ar. É o máximo. Ainda fica muito assustado quando se desiquilibra e chora uns segundos, mas logo lhe passa.
E, com isto lá seguimos nós em frente!! Ai o tempo, é mesmo implacável.

domingo, 9 de agosto de 2009

Férias

Ontem nem contou, porque fazer malas e tentar colocar tudo dentro de uma bagageira que não é assim muito pequena mas que parece que encolheu à última da hora, não só não é fácil como stressa como o raio. Assim, hoje já começo a ver-me como de férias... Aproveitei e, dormi até às 11h.. Ai que bem que soube...
Boas férias

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Creche

E, em Setembro lá vai o meu miúdo para a escolinha.. Na última semana de Agosto, vou ter outra reunião com a educadora da creche, para saber ao certo o que é para levar...
Sei que os primeiros dias, vou sofrer um bocado, ó se vou, mas também sei que:
- Ele vai gostar;
- Vai perceber que o mundo não gira à volta dele e, não há um adulto (ou mais) para cada criança;
- Vai brincar com outras crianças, o que ele adora;
- Vai aprender algumas regras de socialização (eu sei que dizem que é só aos 3 anos, mas eu acho que é como tudo, quanto mais cedo contactarem com as regras, mais cedo as vão absorvendo);
- etc, etc, etc
A ver vamos como corre a adaptação... :)
Estou ao mesmo tempo ansiosa e em pânico...

Sempre a somar..

E estão aí mais 2 dentes.. Desta vez são os incisivos laterais. Um mais adiantado que o outro, mas os dois já de fora.. Afinal, agora é sempre a andar.
Giro, giro é vê-lo a sorrir e a mostrar a "dentadura" completa, uma vez que se arreganha todo.. É um lindo, este meu filho. E, a distribuir sorrisos sai à mãezinha. :) Não é que o pai seja carrancudo, mas eu dou tudo por uma gargalhada e não a poupo...

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

00:26

00:26 e, a casa está em silêncio. Hoje trouxe o mini PC para a cama, em vez do livro.. :)
Estive a ver as actualizações dos blogs, fiz umas pesquisas e, decidi escrever qualquer coisa antes de me deitar, mas o marido queixa-se do barulho das teclas. (Ups - Faz de conta que estou a virar as páginas de um livro, sim??)
O fim de semana foi óptimo, apesar de cansativo, uma vez que o Sr Tomás acorda invariavelmente às 7.30 (quando ele for adolescente e quiser dormir até ao meio dia, eu faço-lhe a folha, ai faço, faço!!)
Hoje foi dia de colocar a conversa em dia com uma amiga que já não via há muito tempo e, de "desbaratar" dinheiro: uma mesa de actividades para o miúdo e, o marido convenceu-me de que precisávamos desesperadamente de uma Wi, ou de outra forma não seríamos felizes... :) Voltamos à loja esta semana para a comprar (ele quer que eu ajude a escolher os jogos.. eu.. ok!!)
Pode ser que consiga fazer exercício físico com a Wi, que bem que preciso/amos. A bere..
Bom, vou espreitar o piolho que, deve estar, como de costume, a dormir com os pés em cima da cabeça e os braços atravessados nesta confusão (sim, ele tem posições esquisitas, mas eu estou a exagerar, claro!!) e, vou dormir também que o meu dia já vai muiiiitoooo longo.
Sweet dreams.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Férias

No próximo dia 07/08 entramos de férias durante 3 semanas.. Sim, eu disse 3 semanas... :)
Vai ser 1 semana com a minha família que, está no norte do país; 1 semana com a minha mana do meio e família, no algarve e, 1 semana ainda sem nada marcado.
A semana que escolhi para ir para o norte é a dos aniversários: a minha irmã mais velha faz 45 anos a 10/08, o meu sobrinho mais novo faz 7 anos a 13/08 e a minha mãe faz 70 anos a 15/08. Basicamente, nessa semana andamos sempre em comezainas e comemorações, o que é sempre bom. Estarmos todos juntos é do melhor que me podem fazer.
Desde que o Tomás nasceu, vejo-os de 3 em 3 semanas, mais ou menos e, tenho sempre muitas saudades deles. Um fim-de-semana é muito curto para o dividir por quem se gosta, para ver toda a gente como se quer, acaba por ser visitas sempre a correr. Enfim...
Venham as férias, preciso desesperadamente delas... :(

quinta-feira, 30 de julho de 2009

O Tomás já anda... :)

O meu menino já anda, oficialmente.
Está ainda naquela fase complicada em que, às vezes, parece estar "bêbado", em que cai com frequência e qualquer brisa é suficiente para o derrubar. Em que às vezes quer ir em frente, mas tudo o que consegue é andar para o lado ou até para trás... Às vezes, ainda sente medo e, pede a nossa mão, ainda se sente inseguro e vai a gatinhar...
Mas, já se levanta agarrado a algo e, depois larga-se e vai sozinho. Tem um caminhar à pato, absolutamente delicioso... Adoro vê-lo a andar sozinho, a vir ter comigo e a abraçar as minhas pernas a pedir colo ou simplesmente a descansar da caminhada.
Nesta fase, a melhor compra foi a "trela" da Chicco que permite que ele ande à vontade (em que a "trela" anda sem fazer força nenhuma), mas quando ele está prestes a desiquilibrar-se ou a cair, podemos segurá-lo e evitar que ele se magoe. Sobretudo dá-nos alguma confiança e paz de espírito.
Recomendo vivamente a todas as mamãs com receio que os seus bebés caiam e se magoem.
Ah, e por muito preconceito que este objecto possa gerar, estou decidida a usá-lo sempre que leve o meu bebé a passear em locais com muitas pessoas, ou na rua.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Primeiro miminho :)

Recebi o meu primeiro selo, passado pela Mamã Feijoca. Obrigada, gostei muito que te tivesses lembrado de mim.
Agora, as regras:
1- Exibir a imagem do selo que acabou de ganhar;
2- Postar o link do blog de quem a indicou;
3- Indicar 10 blogs da sua preferência, avisar os indicados e publicar as regras;
4- Conferir se os blogs indicados passaram o selo e as regras.
Estive a ver que alguns blogs já têm o selo, pelo que tentei não duplicar, mas não garanto que não aconteça:

Costinhas
Mamã Marina
Maria Tiz
Diário da Beatriz
Vivendo a três
Bia ou Martim
Luz de Estrelas
Projecto Fralda Suja
Pisca e Pisco
Petit Gateau

Beijinhos a todas, gosto muito de vos ler.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Um ano, um mês, uma semana e um dia

Lilypie

E hoje, o Tomás estava com uma crise de miminho e, quase não deixava o papá vestir-se para ir trabalhar. O pai dizia-me há bocado que estava todo babado porque o miúdo queria-o a todo o custo. Eu, a brincar dizia-lhe: "Só porque eu não estava em casa. Foste o substituto.. Ah ah ah!"
Não só não é verdade, como o pai sabe disse, porque o nosso filho ultimamente já reparte bem o seu mimo pelos dois progenitores. A mamã é para os momentos de dor, de sono, de birra, de mimo; o papá é para a brincadeira desenfreada. Mas, também acontece ao contrário... E, quando estamos os três, se um de nós sai, o Tomás choraminga ou chora desalmadamente, conforme o humor com que estiver no momento.

sábado, 25 de julho de 2009

De saída...

...para um casamento. O meu redondinho vai todo giro e, certamente ainda vai fazer como no último casamento a que fomos que, andou por lá atrás de uma menina que se fez de difícil no processo de "conquista" (é assim mesmo..) e fez o rapaz correr que nem um desalmado atrás dela. (Claro que, como ele só anda agarrado a uma mão, lá andei eu também atrás da miúda).
Eu bem que lhe expliquei que, se quer ir para o "engate", tem que aprender a ir sozinho, não pode levar a mamã atrás.
Passado algum tempo de correrias, com a menina a fugir, mas ao mesmo tempo a chamá-lo, o meu miúdo desistiu e, foi ter com uma menina que estava sentada no baloiço.. Humm, tenho que lhe ensinar que, saber esperar e ser paciente são grandes virtudes..

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Mais uma favola

Desta feita é o incisivo central superior direito. Esteve muito rabugento e, tem dado más noites novamente.
Ontem, enquanto lhe aspirava a ranhoca do nariz, ele chorava desesperadamente. Aproveitei que a boca estava aberta, escancarada e espreitei-lhe as gengivas e, voilá, lá estava o dentinho a espreitar muito timidamente.
Curiosamente, esta noite sonhei com um Tomás, com a dentição completa e, foi tão estranho!! :)

terça-feira, 21 de julho de 2009

Férias

Já me decidi: vou de férias para a confusão do Algarve, em pleno Agosto.. (Oh yeahhh)

Não gosto do local, mas o pretendido é praia e o mais quente possível e, uma vez que não vamos sair do país, lá vamos nós..

Em conversa com a enfermeira do Centro de Saúde, hoje de manhã, recebi a seguinte informação: a gripe A é menos "grave" que a gripe sazonal, sendo que o grande problema é ser altamente contagiosa. E, que o alarido é maior do que o problema. Aliás, o problema é grande por não termos meios de saúde que cheguem para milhares e milhares de infectados com a gripe A, mas que se não houver complicações clínicas anteriores, a cura faz-se normalmente, mediante a toma da medicação recomendada.

Parece-me que, mais coisa, menos coisa, a gripe A vai atingir proporções dantescas lá para o Outono e, a grande preocupação vai ser o controlo do contágio, mas isso vai ser impossível, uma vez que nem toda a gente vai seguir as regras emitidas pela Direcção Geral de Saúde e, convenhamos, se é assim tão contagiosa e, se o período de contágio é nos primeiros 7 dias, antes de perceber se é gripe sazonal ou gripe A já se contagiou a família toda que, por sua vez, já passou ao vizinho, ao homem da frutaria, à senhora do supermercado and so on...

Olhem, seja o que Deus quiser, mas acho que os media estão a lançar o caos e o pânico e, se calhar até será uma "onda fácil" e não o tsunami que se espera.

Pelo menos, deixem-me ficar a pensar assim, ok?

De qualquer forma e, porque a segurança do meu filhote é sagrada para mim, vou seguir à risca tudo o que li sobre o assunto e, como a casa até tem piscina, não nos verão no meio da confusão.. E, praia, o mais longe possível do vizinho do lado.

Consulta de desenvolvimento infantil

Há cerca de 2 semanas recebi uma comunicação em casa, do centro de saúde da minha área de residência, para ir lá hoje, com o Tomás.
Hoje, lá fomos os dois, ver do que se tratava, porque nunca tal tinha acontecido.
Então, era uma consulta com uma enfermeira, para fazer uma data de exercícios com o pequeno, para averiguar se haveria algum tipo de atraso no desenvolvimento considerado normal para a idade dele.
Puseram um objecto pequenino em frente a ele, ele agarrou com o indicador e polegar.
Esconderam um cubo debaixo de uma folha de papel, ele levantou a folha e apanhou o cubo.
Deram-lhe um copo e uma colher, ele tentou beber do copo e comer com a colher.
Levanta-se agarrado. Caminha agarrado e gatinha. É curioso. Aponta para o que quer. Come sólidos. Agarra o pão, a bolacha, etc. Diz palavras com sentido (poucas mas diz). Faz gracinhas e habilidades. É atento.
Resumindo: Está óptimo e regressa aos 24 meses, para nova consulta de avaliação. Caso tenha alguma dúvida ou estranhe qualquer coisa no desenvolvimento (bate na madeira), dirijo-me logo lá que eles avaliam novamente e, encaminham para os serviços correctos, se necessário...
E, às vezes, somos surpreendidos pelos serviços de saúde pública.

Baptizado em imagens


E, cá estão 3 das imeeeensas fotos do baptizado do Tomás. A primeira e a terceira, não precisam de legenda. A segunda, é o cesto com as lembranças dos convidados. Foi um dia muito bem passado, com a família que nos calhou quando nascemos e com a família que escolhemos para nós. A próxima festarola, será a comemoração dos 2 anos.. Mas, ainda falta muito, certo?? Digam que sim.. 11 meses demoram muuuuito tempo a passar. :)

segunda-feira, 20 de julho de 2009

13 meses

Ontem o meu pequenino fez 13 meses, mas não houve tempo de aqui vir escrever este post de balanço:
- Já dá os primeiros passinhos;
- Já come completamente sozinho metade da refeição (a parte da fruta) e tenta na parte da sopa;
- Volta a sofrer de "mãezite aguda" incontrolável. Volta a ser a mamã para tudo;
- Aponta para tudo o que acha engraçado, o que em alguns casos é mesmo tudo;
- Continua a ser extremamente amoroso, por um lado e, bastante birrento, por outro;
- Tem um sorriso de orelha a orelha e uma gargalhada, sempre prontos a ser usados (sai à mamã, thank God..);
- Tem imensas cócegas;
- Começa a ter medos e receios (os últimos foram: chorar porque a banheira dele abanava ligeiramente e protestar por o "atirar" ao ar quando antes adorava.);
- Tem 3 dentinhos;
- O cabelo está loiro e começa a encaracolar nas pontinhas;
- Continua com um fascínio imenso pelo meu cabelo e, arranca-mo sempre que pode;
- Continua a adorar mangueiras, vassouras, esfregonas, baldes, bacias e afins;
- Adora água (para beber, tomar banho, molhar, etc)
- Tem um dormir extremamente agitado (tão perigoso que a cama dele agora tem duas protecções - uma de 1,40m na lateral e uma de 0,9m no fundo- parece um bunker);
- Pão, iogurtes, bolachas e fruta continuam a ser as suas guloseimas favoritas;
- Tem um acordar delicioso: palra, nós vamos lá meio estremunhados e ele recebe-nos com um sorriso fabuloso e, o nosso mau humor matinal acaba logo ali..
-Está lindo, meigo e rabugento...

E nós (eu e o papá) amamo-lo cada vez mais.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

A querer andar sozinho

Antes de ontem, ao final do dia, na nossa rotina habitual, eu deitada no chão da sala, ele a brincar à minha volta e em cima de mim. Passado um pouco, o papá juntou-se a nós, para alegria do Tomás que, tinha mais um "obstáculo" para escalar. De repente, pôs-se de pé, largou a nossa mão e ficou a olhar para nós, com um sorriso desdentado, de orelha a orelha, num equilíbrio perfeito. Eu e o papá batemos palmas e elogiamos o feito... Ele fez isso várias vezes e, nós tentamos que ele progredisse nos passinhos entre nós os dois.. Foram tímidos os passos, mas estavam lá.
Ontem, no sítio e hora habitual, o Tomás estava comigo e fazia o mesmo que no dia anterior, soltava-se e olhava para mim a sorrir e em equilíbrio. De repente, não sei o que lhe deu (se calhar, excesso de confiança...) largou-se definitivamente do sofá e começou a andar no sentido contrário de onde eu estava.. E, andou.. Uns 6 passinhos, periclitantes, mas sozinho.. Apanhei-o por medo que ele caísse. Depois, passamos imenso tempo a treinar e, ele estava delirante.
Estou tão feliz e, ao mesmo tempo com tanto receio das quedas que, muito provavelmente se avizinham...

terça-feira, 14 de julho de 2009

Ontem...

Como já aqui referi, o meu miúdo à noite tem um mau feitio terrível, principalmente se não fez alguma das 3 sestas obrigatórias do dia. Basicamente, 2 a 3 horas, é o tempo que ele está acordado e bem disposto.
Ontem, cheguei a casa e, ele só tinha feito 2 sestas, tendo acordado às 16.30. O meu olho clínico que conhece lindamente o filhote que tem, fez as contas e pensou que à hora de jantar iriamos ter uma super-mega birra. Nem pensei 2 vezes, cheguei a casa e toca a adormecê-lo.. Demorou mas foi! Acordou às 21.00 e era outro.
Sorridente e calmo, jantou sem birras, brincou na sala, sem choros por não poder fazer algumas coisas, foi gatinhando pela casa à descoberta, enfim, nem o reconhecia.
Habitualmente à noite é muito turbulento e frustra-se frequentamente e chora muito, etc, etc... Tenho que o pôr a fazer esta soneca tardia mais vezes.. :)
P.S. Claro que foi dormir às 23h, em vez de ser às 22h...
Já tentei que ele não dormisse tantas sestas para ver se dormia melhor de noite e, não resulta!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Guloso e desenrascado

Quando se gosta de fruta assim, há que aproveitar todos os bocadinhos que ficam no prato. Já que não dá para apanhar os bocadinhos muito pequeninos, a melhor forma é mesmo esta!!!

(foto de má qualidade, tirada com o telemóvel)

Praia


Hoje, pela primeira vez, levamos o Tomás à praia (o ano passado não conta, porque nunca pôs os pés na areia, nem saiu da espreguiçadeira e esteve o tempo todo dentro da tenda com filtro UV.. e só tinha 2 meses)...

Pois, contra todas as minhas expectativas, adorou a areia desde o primeiro minuto, não só para andar em cima, como pelos vistos também sabe bem ao lanche (OHH, paciência!! :) )


Com o mar, ficou alucinado, aposto que pensou que aquela "banheira" era mesmo grande... E, quando vinha uma onda, esticava o pézito até o molhar..

Difícil mesmo, só tirar os kgs de areia que se mete em todo o lado e que se cola ao creme solar com que o besuntei!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Defeito ou feitio?

Não sei como é com os outros bebés, mas o meu filhote só quer fazer / chegar / brincar com aquilo que não pode.
Tem um fascínio imenso pelas tomadas e, apesar de as ter protegidas, ralho sempre que ele lá tenta meter os dedos porque, se algum dia apanha uma sem protecção (fora de casa), como é que vai ser? Ralho, digo não, dou uma palmadita na mão e, para além de não me ligar nenhuma, ainda se ri com a palmada porque acha que é a brincar!
Apanha tudo o que se encontra em cima dos móveis, abre a porta da lareira, agarra tudo o que é fio, mete à boca tudo o que encontra no chão (inclusivé cabelos da mãezinha - não percebo a obsessão dele pelo meu cabelo mas, se encontra algum no chão, brinca com ele e, por fim, tenta comer!!), puxa tudo o que vê pendurado, abre as torneiras, levanta-se agarrado ao que quer que seja (inclusivé coisas que se mexem e não aguentam o peso dele!), tenta levantar-se quando está na banheira, and so on... É uma lista interminável de coisas que ele faz e/ou tenta fazer que contribuem com que eu esteja sempre a dizer NÃO, NÃO, NÃO. O mais engraçado (que não acho muita piada na altura) é que quando lhe digo NÃO, ele olha para mim e, ainda resmunga no dialecto incompreensível que ele utiliza.. Como quem diz: "Ó mamã, deixa-te lá de coisas e deixa-me em paz! Raio da mulher!..."
É que não sei que mais faça para o fazer obedecer..
Para o que uma mãe está guardada... :)

Ai as noites

Quando o Tomás nasceu, fiquei sem dormir (nada durante a noite e pouco durante o dia) durante 7 semanas. Foram 7 semanas terríveis, em que ainda hoje não sei como aguentei. Nessa altura, a privação de sono deixou-me completamente eléctrica e, quando podia dormir, era extremamente difícil conciliar o sono e, quando não podia dormir, pura e simplesmente apagava-me (o que originou situações complicadas, mas sem consequências, felizmente).
Actualmente, quase 1 ano depois, ainda tenho um défice de horas de sono tão grande que, cada vez é mais difícil conseguir aguentar.
Esta noite, o pequeno adormeceu cedo (às 21h em vez de 22h) porque estava com uma birra de sono tão grande que não fazia mais nada senão chorar! Acordou várias vezes até as 23h45, em que bastou ir colocar-lhe a chupeta e ele voltava a adormecer. Às 23h45 acordou, fui lá e estive até às 00:55 sem ele voltar a adormecer profundamente. Depois foi o pai e dormiu com ele até às 3h. Voltou a acordar uma data de vezes mas, de manhã estava a dormir profundamente, quando eu saí de casa.
Se fossem dores, deveriam ter passado com o ben-u-ron que lhe dei.
Não sei que faça, as noites mal dormidas têm sido uma constante e, tanto eu como o pai andamos esgotados.
Quanto tempo é que conseguimos manter a sanidade mental, a dormir pouquinho e ainda por cima aos bocados?

terça-feira, 7 de julho de 2009

Protecção de imagens

Alguém sabe como proteger as fotos que são colocadas nos blogs?
Não gosto de pensar nisto, mas há gente má que faz coisas más e, por isso quase não tenho colocado fotos. Se alguém souber que me diga qualquer coisa, por favor.

O Tomás, com 1 ano de idade

(foto retirada)



O meu bebé sorridente... :)

O dentuças

Ora, confirma-se o aparecimento de mais um dente.. Desta feita é o incisivo central superior esquerdo (estou em crer que o direito dará em breve o ar da sua graça!).
Bem, o pediatra diz que "os dentes têm as costas largas" e que "dentes não dão febre, dão... dentes..", mas então como se justifica que tantas crianças tenham sintomas de febre e diarreia e coisas do género quando estão para nascer os dentes? Mera coincidência? Talvez. Não tem nada a ver com os dentes? Se calhar..
O que é certo é que o miúdo nunca fez febre, excepto quando lhe apareceram dentes (é a 2ª vez, portanto!). E, ainda só vamos no 3º dente, de um total de 20. Ai, ai..

segunda-feira, 6 de julho de 2009

:(

E o Tomás está com febre, pingo no nariz e diarreia...
Vamos ver o desenvolvimento hoje!
Estou com a sensação de que vêm aí mais dentuças... Pobre menino.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Actualização sobre a forma de locomoção

Depois de ter aprendido a gatinhar à soldado no exército (com os cotovelos), não gostava muito de o fazer, preferindo sempre a versão do caminhar agarrado à mão de alguém.
Ultimamente, como percebeu que, estando alguém a dar-lhe a mão, o impede de ir a determinados sítios proibidos a bebés e, como já aprendeu a gatinhar de mãos bem assentes no chão, já prefere ir a gatinhar para esses sítios, pois já sabe que se não for assim, ninguém o leva lá...
Esperto, não?
Tenho que pôr uma placa na porta a avisar do facto, para que não o pisem quando lá entrarem em casa.
Outra coisa importante é olhar sempre para o outro lado da porta antes de a abrir (graças a Deus pelos vidros nas portas de lá de casa), porque ele adora estar atrás da porta...
Por último, mentalizar-me que o gajinho gatinha a uma velocidade incrível e, chega num ápice a todo o lado. Ahh, e a velocidade é directamente proporcional ao tamanho da asneira que está prestes a cometer! E se dissermos "Não vás", ele aumenta mais a velocidade.. Qualquer dia, rompe os joelhos! :)

Piscina

Já tenho uma mini piscina para o Tomás brincar este fim-de-semana em casa dos avós.
Tenho para mim que ele vai adoooooorar.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Continuação da saga da alimentação

O Tomás, desde um pouco antes de ter 1 ano, faz 4 refeições ao dia:

- Pequeno almoço: 1 biberão de leite

- Almoço: Sopa + fruta

- Lanche: 1 biberão de leite ou iogurte+fruta+bolacha

- Jantar: Sopa + fruta

O pediatra recomenda que não lhe dê: clara de ovo, kiwis e citrinos. Como tem pele atópica, é mais susceptível a alergias, logo aguardamos mais um pouco para introduzir estes items.
No entanto, sei que aos 15 meses ele levará uma vacina (a VASPR) e que, convém saber se faz alergia à clara de ovo ou não. Se fizer, há que falar com o médico sobre a necessidade de dar esta vacina no hospital (para o caso de ser necessário cuidados mais específicos após a toma) ou optar por não a administrar (nos casos da alergia ser muito grave, pode desencadear alguma reacção violenta após a toma da vacina). Já agora, convém dar pelo menos 2 vezes o alimento para determinar se é alérgico ou não. Da 1ª vez que come determinado alimento, o corpo pode desenvolver os meios para combater a alergia mas, só actua da próxima vez que esse mesmo alimento for consumido. Ou seja, pode não haver nenhuma reacção na 1ª vez que comer algo e, uma grande alergia da 2ª vez.

Ainda não consegui introduzir sempre o 2º prato a seguir à sopa, até porque ele não quer comer, prefere do nosso prato; Mas, vou ter mesmo que o fazer, o pediatra recomenda e insiste neste ponto!

Às vezes, entre as refeições, come 2 bolachas, ou pão ou uma peça de fruta, dependendo se mostrar fome ou não e, geralmente bebe perto de 1 litro de água ao longo do dia.

Nunca habituei o Tomás ao biberão de leite antes de dormir. Como jantamos sempre tarde (por volta das 21h), ele ia dormir às 22h, pelo que nunca associou o biberão ao dormir. Só lho dava se ele acordasse de noite e, desde há uns tempos que o deixou de vez. Graças a isto, acho que me vai ser relativamente fácil deixar de dar biberão e introduzir a caneca para o leite, daqui a poucos meses. Porque, para os bebés que bebem o leite antes de ir dormir, deve ser mais difícil fazer esta transição, pois a sucção no biberão, também é um calmante e, ajuda-os a conciliar o sono.

Mas isto da alimentação é muito vasto. Cada pediatra tem uma opinião diferente e, há que confiar no profissional que nos acompanha. Eu confio no nosso pediatra e, salvo raríssimas excepções, sigo as indicações que ele nos dá. Penso que é para isso que lá vamos às consultas. Se fosse só para medir e pesar, iria ao Centro de Saúde e não teria que pagar consulta.

A saga da alimentação

O Tomás continua a comer "sozinho" todas as noites... E, pelos vistos, a avó já adoptou o mesmo esquema ao almoço.

Até há uns tempos atrás, o meu rapazinho comia muito bem, sem refilar. Depois, começou a comer bem, mas refilava sempre. Depois, passou a refilar muito e a comer pouco. Depois passou a ser preciso o exército de brinquedos e o pai, para o entreter enquanto come (principalmente porque o pediatra mandou dar comida pouco passada e ele não quer, tira tudo da boca! Mas, se for pão ou bolachas ou fruta, os 2 dentes dele funcionam muito bem..) e, nos últimos dias, já quase não comia sem eu ter que me chatear.

Com esta nova situação, a sopa é comida enquanto o diabo esfrega um olho e, ainda chora no fim. (não é por fome, queria era continuar a comer sozinho!) A seguir vai a fruta e no fim chora. Depois dou-lhe pão. E, enquanto jantamos, come sempre da nossa comida (se não for demasiado forte para ele). E, o que é melhor, é que está com um ar muito "esticadinho" e não o "pré-obeso" de há 6 meses atrás.. Estou feliz com esta nova conquista. Já não aguentava as birras à refeição...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

7:00 da manhã

Acordo, já atrasada. Vou ao quarto do meu pequeno só para o ver. Dorme profundamente (pensava eu), mas numa posição pouco segura. Se acordar e se sentar na cama, provavelmente cai. Levanto o colchão e mudo a protecção lateral para evitar a queda. Faço uns barulhos inevitáveis e ele acorda e vê a luz do corredor. Levanta a cabeça, ao mesmo tempo que eu baixo a minha e escondo-me atrás da rede da protecção lateral. Ele olha várias vezes para o corredor, enquanto esfrega os olhos e se espreguiça. Até que me vê e abre um sorriso do tamanho do mundo. Pego nele ao colo, ele encosta-se a mim e parece que volta a adormecer. Pouso-o na cama, mas ele acorda, sorri e olha para mim como que a perguntar: "Estás cá hoje? Não costumo ver-te de manhã!" Pego nele e levo-o para a nossa cama, para junto do pai que estava a preparar-se para se levantar também. Mas, aproveita e, fica mais uns 10 minutos a mimar o nosso menino.
Assim, os dias até correm melhor. E, não vejo a hora de ir a correr para casa para estar com ele!

terça-feira, 30 de junho de 2009

Cansaço crónico

Não percebo o que se passa, mas estou sempre tãããão cansada! Ou melhor, percebo pois, o grande problema são as cerca de 5 horas que durmo todas as noites. E, a culpa nem é do Tomás, porque o papá tem lá ido de noite. É mesmo a minha incapacidade de me deitar mais cedo.

Se calhar, uma vez que me levanto às 6.30, esta seria uma boa hora para me deitar, não?
Bom, vou tentar...

segunda-feira, 29 de junho de 2009

O pequeno ditador


Este livro já mora na biblioteca cá de casa.. O papá fez questão de o ir comprar no fim-de-semana depois do pediatra o ter recomendado veemente, principalmente para o papá ler.. (i wonder why!).
Se clicarem no título, podem ler uma entrevista do autor do livro, no site Educare
Sem dúvida que é uma realidade assustadora e, uma das coisas pela qual luto incessantemente: colocar limites ao Tomás e esperar ser bem sucedida na tarefa de o educar.
Já agora, as pessoas que rodeiam as crianças também têm grandes responsabilidades pela educação delas, para o bem e para o mal...
Quantas vezes os pais dizem uma coisa e vem alguém por trás e retira a autoridade do que foi dito? A que nos leva estas situações? Que se ensina às crianças, nestes casos? Que uns deixam e outros não? Que os pais são maus e chatos e aqueles familiares é que são "fixes"?
Ai de quem me fizer uma coisa destas à frente do meu filho.. Salta-me a tampa e viro bicho! :)
Pronto, mais uma vez deixei-me entusiasmar por este tema fascinante e assustador que é a educação de crianças. Como tenho ideias muito fixas, apoiadas pelo pediatra, (daí não fazer questão de falar muito nelas aqui no blog), quando escrevo sobre o tema, fico empolgada. :)

domingo, 28 de junho de 2009

Rédeas

E o Tomás já tem umas rédeas para os primeiros passos.. Experimentei hoje pela primeira vez e, apesar de ainda lhe faltarem umas afinações nas correias, fiquei fã. Acabaram-se as dores de costas de estar a agarrar nele pela mão (as minhas 2 hérnias discais vão agradecer), ele deixa de andar de lado por estarem a agarrá-lo por uma das mãos e não estar a distribuir uniformemente a força e, acima de tudo, vai estimular a independência dele nos primeiros passos e ajudar-nos a sentir-mo-nos mais confiantes e com menos medo das quedas frequentes.. Vivam as invenções que nos ajudam nestas etapas mais "perigosas" dos nossos pequerruchos...

O meu bebé tem mais de 1 ano, acho que ainda não encaixei a informação...

Sinais de independência

Hoje, ao jantar, o Tomás estava a torcer o nariz à sopa (diga-se em abono da verdade que a cor também me assustou, ficou muito verde por causa dos espinafres!!) e, ainda não tinha conseguido meter-lhe nenhuma colher. Ele torcia-se todo, virava a cara, choramingava e apontava para a colher. Fui buscar-lhe uma lavada, para ver se o entretia.. Nada, agarrou nela e atirou-a pelo ar!
Eis que me lembro de um artigo/livro/post (leio tanto sobre bebés que nem sei de onde veio a informação) que dizia que os bebés, a partir de um ano, demonstram grande interesse em fomentar a independência a vários níveis, inclusivé na alimentação (há alguns dias que ele come a fruta do prato, sendo que é ele que tira os pedaços e come sozinho).
Sendo assim, decidi deixá-lo ter alguma liberdade, ou seja, deixei-o pegar na colher e comer a sopa, mas eu é que segurava a mãozinha dele e a colher e guiava tudo para a boca.
Javardices à parte, correu lindamente e ele comeu um prato de sopa enquanto o diabo esfrega o olho. Prevêm-se jantares animados por estas bandas, com muita comida a voar... Mas se isso fizer com que ele coma, a sujidade é um preço baixo a pagar!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Dúvidas para o fim-de-semana

Que fazer com um puto eléctrico que só quer andar e uma mamã cansada que só quer dormir?

O inverso de um sempre em pé...

E o Tomás agora é o inverso de um sempre em pé.. está sempre no chão, mas não de propósito. O problema é que a coordenação das pernas com os braços ainda não está afinada e, consequentemente levanta-se agarrado às coisas, mas não se mantém de pé muito tempo... :)
A maior parte das vezes cai em cima da fralda, mas ontem, uma das vezes, mandou uma pirueta e caiu de lado e ainda deu com a cabeça no chão. Não foi com muita força, mas foi o suficiente para se assustar e, chorar desalmadamente, pobrezinho! Mas, o colinho da mamã faz maravilhas e, logo se acalmou e, esteve mais tempo encostado a mim, mas mais pelo soninho do que pela queda... É um menino da mamã... E eu adoro. :)

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Balanço


Era o que eu temia, não só não descansei nas férias, como estou tããão cansada que hoje nem ouvi o despertador.
Na 6ª, o meu menino fez 1 aninho... Comemoramos com uma fatia de bolo e uma taça de Moet & Chandon.
O baptizado correu muito bem.. Juntamos família e amigos e foi muito agradável. A única coisa que não foi tão bom, foi o calor infernal que se fez sentir...
O Tomás portou-se bastante bem, tendo em conta o que eu esperava. Na igreja fez um pouco de fita e quis andar a cirandar por lá, mas nem chorou muito, nem nada.. No restaurante, foi andando com uns e com outros, pelo que também correu muito bem.
E eu, continuo absolutamente babada pelo meu bebé e, muito orgulhosa.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Das férias

Todas as noites tenho-me dedicado a uma surpresa para os convidados do baptizado do Tomás que é uma compilação das fotos do pequeno, desde que nasceu. É feito num programa, onde se juntam músicas e efeitos e se obtém uma espécie de filme...
É trabalhoso, não pela construção em si, mas pelos arranjos (porque o programa corta algumas cabeças) que são necessários.. Pela pré-visualização que já fiz, devo dizer que está um espanto..

O inconveniente é que tirei uma semana de férias, para estar com o meu bebé e acabar umas coisitas e nunca pensei que ainda tivesse tanto trabalho para fazer! O que é certo é que estou mais cansada do que a trabalhar. Mas, pelo meu menino, vale a pena... :)

domingo, 14 de junho de 2009

Feriados

E, nos feriados, rumamos à capital, para dois dias de diversão a três.

DIA 1 - Saímos de casa mais tarde que o previsto e, ainda nos perdemos a tentar encontrar o sítio onde iríamos pernoitar; Visita ao Oceanário, o Tomás e a mamã gostaram imenso. No final, o Tomás fartou-se dos peixinhos e armou berreiro pelo que, a última parte foi vista em passo de corrida, com um puto a choramingar...

DIA 2 - Saímos de casa mais tarde que o previsto (com uma mãe já atrasada mais um miúdo, torna-se rotina) e, ainda nos perdemos a tentar encontrar o Zoo; Fila descomunal para comprar os bilhetes; Calor horroroso durante a visita ao Zoo; Tomás portou-se muito bem.

Foi óptimo estarmos dois dias longe de casa, só os três. Divertimo-nos imenso, mimamo-nos muito e tivemos todo o tempo do mundo por conta uns dos outros, principalmente do pequenino, que andava feliz da vida...

sexta-feira, 12 de junho de 2009

A uma semana de fazer 1 ano...

O Tomás está tão, mas tão amoroso.

Ontem, no regresso a casa, depois de 2 dias de diversão em família, paramos para petiscar qualquer coisa numa estação de serviço e para dar o jantar ao Tomás e, lá estava ele, a palrar alto, a gritar "bau" e "ba-bau" que não faço ideia o que seja e a rir que nem um tontinho, para nós, para os bonecos, para tudo e para nada e eu comentava para o pai que, apesar de todas as fases serem especias, esta está a ser a minha favorita. O Tomás está super simpático, carinhoso, meiguinho, birrento também, mas faz parte! Dá uns abraços apertadinhos, uns beijos bem lambidos e uns sorrisos de um tamanho incrível... E, o pai dizia que adorava o sorriso dele (de facto, é lindo de morrer) e, que se nota que ele é feliz. E, para nós é a melhor recompensa, saber que ele está feliz.

Acho que esta idade é o limbo... É a transição entre o "bebé" que foi e a "criança" que em breve será.

E eu sei que vou ter taaantas saudades do meu bebé.. :) Mas que vou gostar muito de ver a minha criança crescer. E, quem sabe daqui a uns tempos não haverá um bebé novo, para me relembrar estes tempos?

terça-feira, 9 de junho de 2009

Doenças

Inflamação dos ouvidos e, início de amigdalite. Espero que passe. Espero que não agrave...
Pode ser dos dentes.. Pode não ser. Não gosto nada desta coisa de nunca saber bem do que é que é, o que é e como é.. :(
Chuiff.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Esta noite

Dormi muito mal, da 1.30 até às 5.00. Depois, o Tomás acordou e, não dormi mais, nem bem nem mal!! Estou que nem posso e, já sinto aquilo que sei que é o início de uma enxaqueca.

Ai, ai, quando é que o meu menino lindo, fofinho, adorado, fica PERFEITO e, dorme a noite toda?? Ah, e ao fim de semana dorme até às 10.00, em vez de acordar às 6.30 da manhã??

Juro que, as noites são o que é mais complicado quando se tem um filho, quer dizer, para quem tem um filho que não dorme muito bem, como nós... Depois há os sortudos que têm filhos calminhos e, que dormem noites e manhãs inteiras!!

Eu não trocava, mas que custa, lá isso custa!

Consulta no Pediatra

Sábado foi dia de consulta no pediatra (a do ano, com 15 dias de antecedência).
Peso - 11,070 kgs
Altura - 76 cms
Alimentação - Tirando 2 ou 3 restrições (clara de ovo, citrinos e kiwi), já pode comer o mesmo tipo de comida que nós; Faz 4 refeições principais, 2 com leite ou derivados e 2 completas (sopa, 2º prato e fruta); Não dar nada entre as refeições se ele não comer às refeições por birra;
Educação - Fase da luta pelo poder; Se deixarmos, passamos a ter um pequeno ditador em casa; 3 palavras importantes: firmeza, consistência e uniformidade; (Ler o livro "O pequeno ditador" de Javier Urra); O que se ensinar neste 2º ano de vida é a base para o resto da educação da criança;
Saúde - Fase de todas as doenças e mais algumas; Vai parecer que está sempre doente; 90% delas curam-se por si, ou com ajuda do Ben-u-Ron, só muito ocasionalmente e, em último recurso é que se utilizam os antibióticos; Vacinas aos 15 e 18 meses; Está com os ouvidos inflamados, principalmente o esquerdo; O eczema está mais ou menos controlado.
Geral - Está óptimo e recomenda-se. Não gostou muito de ser forçado a estar quieto para ser observado, mas nem se portou muito mal. Vá lá, vá lá. Regressamos em Setembro, a menos que haja algo que obrigue a uma visita antecipada ao Sr. Doutor.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

O meu tipo de Mãe...

MÃE AMIGA, INDEPENDENTE E CABEÇA ABERTA

A mãe com o signo lunar em Aquário é uma criatura pós-moderna! Em sintonia com a modernidade, ela também não se deixa tomar pelo modelo de autoridade e está mais para uma grande amiga do que para uma figura materna. Esta mãe tem um amor intenso pela liberdade e odeia ser controlada. Um de seus principais lemas é: Viva e deixe viver. É fascinada por gente inteligente e tende a ser uma mãe com a cabeça aberta e livre de preconceitos. Dificilmente se choca com alguma coisa e respeita profundamente a singularidade e as diferenças de seus filhos.
Em algumas coisas confere, noutras nem por isso. Creio que desde que o Tomás nasceu que me mentalizei que seja o que for que ele faça, eu tentarei não emitir juízos de valor e apoiá-lo-ei sempre. Considero-me livre de preconceitos (em 98% dos casos), mas há 2 ou 3 coisinhas que me deixam desconfortável (desconfortável, não preconceituosa).. Não vou ser mais amiga do que mãe, isso é certo.. :) Pelo menos, durante a fase em que se exige que lhes imponham regras e limites, serei a mãe que o faz; quando ele for crescido, espero que me considere como aquilo que lhe fizer falta: mãe, amiga, conselheira, dispensadora de carinhos, etc, etc.

A primeira queda

... da cama dele, enquanto dormia. Foi ontem e, acho que ainda sinto o coração a bater acelerado.
Ainda bem que os colchões tri-partidos estavam no chão e ampararam a queda. Ainda bem que não se magoou.
Agora, temos que pensar numa solução, porque estar sempre com medo que ele caia não é nada bom. Ai, ai, ai...

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Quase 1 ano

Ontem recebi uma carta de uma marca de comida a dizer que o meu bebé, já é um bebé junior...
Ai, faltam 15 dias para fazer 1 ano.

Como pode o tempo ter passado tão rápido? Como pude ter pensado que era exagero quando me diziam que esta fase passava "num instante"?

É tudo verdade. Eu pensava que não aguentaria não dormir, quando o Tomás teve cólicas..

Claro que aguentei. Mal, mas aguentei.. E passou essa fase e vieram outras.

A fase dos dentes, a fase de só querer a mãe, a fase do estranhar, a fase de só querer andar, a fase das birrinhas de choro, a fase de não querer dormir, apesar de não aguentar os olhos abertos, a fase de não gostar do banho, a fase de adorar o banho, a fase do acordar 10 vezes por noite, a fase do dormir a noite todinha de uma vez só, etc, etc..

Cada fase tem o seu encanto e, algumas são bem difíceis de aguentar, mas agora já minimizo tudo, porque já sei que não há "mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe", logo é deixar andar e logo passa esta fase e vem outra...

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Actualização dos pedidos

Já tenho:
- O Livro da Criança
- 1, 2, 3, uma colher de cada vez
O 1º já estou quase a acabar de ler. Recomendo vivamente, é super interessante e aprende-se imenso.
O 2º já requer tempo para cozinhar. Mas, já experimentei o frango com maçã. Alterei um pouco a receita, para colocar o que tinha em casa e, o Tomás gostou muito.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Esta noite

Foi bastante dificil. Acordou imensas vezes até às 4.00 da manhã.. Depois dormiu sossegadinho até às 7.30. Algo me diz que hoje as sestas vão ser maiores..

Ontem...

Ontem, houve pelo menos um bebé muito feliz no parque. Caminhou até não aguentar mais, brincou, riu, andou no escorrega, etc. Estava como peixe na água. E, ainda teve direito a 3 presentes.. É tão bom ser criança... :)

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Dia da Criança

Hoje é o dia dedicado a todas as crianças.
Gostava de ter o poder para decidir que nenhuma criança sofra, tenha fome, seja maltratada, etc..
Uma criança é inocente, cheia de ilusões, troca o melhor brinquedo do Mundo por um bocadinho de atenção. E é nossa obrigação dar-lhe essa atenção.
Um bom dia para ti, Tomás, meu tesouro e, para todas as crianças deste Mundo que, nem sempre é simpático para com elas!

Fim de semana

Neste fim de semana, estivemos com amigos muito queridos, que nos abriram a porta de casa e nos trataram principescamente.
O Tomás recebeu muitos miminhos de todos, gostou de ver os bebés pequeninos e, fartou-se de caminhar de mão dada com quem lha estendesse. Não houve cá estranhezas, desde que fosse uma mão para o segurar, ele aceitava.
O calor excessivo, convidou aos calções e às t-shirts e, eu adorei ver o redondinho de perna ao léu..
Foi um fim de semana bom, muito bom.. Só é pena que tenha terminado!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Actualização do post do baptizado

Para o baptizado do meu redondinho, já estão bastantes coisas tratadas, falta apenas algum tempo para acabar as lembranças dos adultos e das crianças, decidir a ementa, ver a roupa do miúdo (e dos pais), ver a vela, mandar acabar a toalha, etc.
Actualização da check list:
Nº convidados - Estão decididos. Falta entregar alguns convites, mas as pessoas já sabem da data;
Convites - Feitos e impressos;
Padre - Já está marcado;
Igreja - Já está marcada a hora;
Local almoço - Decidido e marcado o dia;
Ementa - Falta decidir entre 2 pratos;
Lembranças - Já sabemos o que vai ser, falta a execução;
Roupa Tomás - Vamos começar a ver amanhã;
Vela e toalha de baptismo - A vela é para ver amanhã; a toalha, falta fazer um bordado;
Padrinhos - Já foram convidados;
Data baptismo - Foi a 1ª coisa a ser decidida e a não contemplar alterações;
Fotos e vídeos - Oferta dos tios.

Desafio 365 fotos

A contar de ontem, vou tirar uma foto por dia, durante um ano. De situações quotidianas, de coisas que gosto, dos meus amores, amigos, família, flores, animais, etc.
Dentro de um ano, quero poder contar uma história em imagens.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

A minha prenda de anos

O Tomás deu-me flores e beijinhos. E veio a andar sozinho, só a agarrarem-no pela bainha da camisola. Que bom.. :)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

A prenda do Tomás

O Tomás esta noite, de prenda, acordou 2 vezes. Como já me deitei tarde e me levantei muito cedo, estou aqui meio ligada às máquinas e com os olhos injectados de vermelho!
Obrigada, meu filho, quiseste dar um abracinho de noite à mamã, de prenda, não foi?? :)

31


31 anos.. e que venham mais.. muitos mais!!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Fim-de-semana em casa dos avós maternos

O fim-de-semana é sempre curto para tudo o que quero. Ainda mais quando estamos 3 semanas ausentes. Roubam-se horas ao sono para estar com aquela amiga especial, faz-se ginástica psicológica para não ter que ir dormir a sesta...
Neste, entregaram-se convites de baptizado. Mas também se mataram saudades de família e amigos.
O Tomás parece que cresce, sempre a caminhar na rua, desde que se levanta até se deitar, rodeado de plantas e animais. São os piu-pius e as flores cheirosas, as mangueiras e as vassouras, os baldes e as bacias.. Tudo lhe agrada. Distribui sorrisos, diz adeus e olá e bate palminhas a torto e a direito.
Voltamos a ver-nos dentro de 1 mês. Chuifff.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Equilíbrismo em duas pernas

Se me perguntassem há 1 semana atrás se eu achava se o Tomás iria caminhar brevemente, eu diria que não. Se me perguntarem hoje, eu já direi que não sei. Isto porque, de repente e sem aviso prévio, o rapazinho já se equilibra se o segurarmos só por uma mão.. Aliás, isto se não lhe der na maluqueira de querer andar mais rápido do que as perninhas dele podem, mas no geral, já se aguenta bastante bem. E, para além disso, não quer outra coisa senão treinar todo o dia.. :) Coitadas das costas dos avós!

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Noites mal dormidas = Pais desnorteados

Eram 3 horas da madrugada. O silêncio reinava na casa e 3 pessoas dormiam profundamente.. ou talvez não.. Um grito atravessa o silêncio da noite e desperta o pai aturdido, mas não a mãe que sonhava. O pai toca as costas da mãe e desperta-a. A mãe, automaticamente e, como que impulsionada por uma mola, levanta-se na escuridão, a seguir ao pai e dirigem-se ambos ao quarto do rapazinho desperto que chorava. Com o sono, a confusão mental do acordar forçado, etc, o pai fecha a porta do quarto e entra para o quarto de vestir (exactamente a porta ao lado), a mãe, logo de seguida bate com os pés na porta do quarto porque não se apercebeu do engano do pai e tinha a certeza que tinha deixado a porta aberta antes de se deitar. O pai, ao ver onde estava, após soltar um "OHH", viu logo que o melhor era ir para a cama, porque provavelmente ainda iria era meter a chupeta no urso do filho... Ai que vida a nossa!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Mãe babada...

O meu pequeno, de momento, está a tentar gastar-me o nome. Só se ouve: Ma-ma-ma-ma-mamã-ma-ma-ma-mamã-ma-ma-ma-mamã.. E eu adoro ouvi-lo.

Parabéns

Ao meu amorzinho mais pequeno. Há 11 meses entraste na minha vida, e agora é como se fizesses parte dela desde sempre.. Adoro-te, redondinho, daqui até à lua...

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Do fim-de-semana

O Tomás portou-se como um menino crescido. No sábado, fui dormir com ele desde as 6.30 até às 10. No domingo, o pai dormiu com ele desde as 6 até às 9. Brincamos muito, rimos ainda mais, fomos às compras, fomos passear, brincamos com a Rafa, caminhou agarrado às nossas mãos e à vassoura, dormiu sestas grandes e pequenas, palrou, fez gracinhas, dançou e, também chorou.

O fim-de-semana parece sempre curto demais para nos perdermos uns nos outros. E que bem que se está no nosso pequeno núcleo de três.

11 meses

E começo hoje com o Brufen para as dores de crescimento.. Amanhã o meu pequeno bebé faz 11 meses. Quase 1 ano..

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Os miminhos dos tios são bons

Hoje de manhã, ao deixar o Tomás na avó, encontramos os tios da fruta. Estes tios deixam todas as semanas um miminho para a sobremesa do Tomás, ora uma pêra, uma banana, maçãs, ou de tudo.. Hoje, deram uma pêra, uma banana e uma mão cheia de cerejas para a mamã.. E que boas que eram... :)

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Sestas

Tenho andado a tirar umas sestas com o Tomás.. E que bem que sabem.. Mas, depois dormir de noite, é mentira!!! Carago, tenho que acabar com as sestas, não?? :(

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Dicionário do Tomás

E a faltar 6 dias para os 11 meses, o Tomás já diz (que se perceba):
- Mamã
- Papá
- Olá

Para além disto, já:
- Acena adeus
- Bate palminhas
- Aponta com o indicador
- Dança quando ouve música

O Sonecas


Ontem o Tomás fez o seguinte horário de sonos:
-Acordou às 9:00, depois de não ter acordado nenhuma vez durante a noite;
- Dormiu das 11.30 às 12.30;
- Uma sesta das 15.00 às 16.10;
- Outra sesta das 18.30 às 21.30;
- Às 23.30 já estava a encostar-se a mim, cheio de soninho.. Vesti-lhe o pijaminha e demorou 10 minutos a adormecer. Voltou a dormir a noite toda.

Quem és tu e o que é que fizeste ao meu filho ? :) Se ele estiver bem, podes ficar lá em casa... :)

terça-feira, 12 de maio de 2009

Xi-corações e beijinhos molhados

O Tomás está a passar uma fase tããão meiguinha... Quando me vê, depois de umas horas de ausência, agarra-me o pescoço e dá-me um abraço lambuzado de baba. Quando o largo, ele estica logo os bracitos, para voltar a agarrar-me e, estamos nistos até ele ficar satisfeito (pelo menos 4 ou 5 abraços)... Durante o tempo que estamos juntos, já não pode perder-me de vista porque fica mesmo triste e chora.
Compreendo que, como troquei os horários, ele já não sabe muito bem quando é que é suposto eu ir ter com ele e isso deixa-o confuso, então a táctica é não me largar quando me tem.
No livro maravilha que ando a ler (o Livro da Criança), li uma coisa que me deixou tão angustiada que nem sei como lidar: a partir de determinada idade (mais ou menos 1 ano, mas mais acentuadamente a partir dos 18 meses), os bebés ainda não encontraram o lugar deles no mundo e na família e, temem que os pais os abandonem e deixem de gostar deles. Tenho tanto receio que seja isso que o Tomás sente.. Não deve haver sentimento pior que o da rejeição, ainda mais pela própria mãe, a pessoa que mais amamos neste mundo.. Nem quero pensar que o Tomás possa pensar que eu qualquer dia o mande embora, por já não o querer... :( Tenho-lhe dado doses extra de miminhos, muita brincadeira, beijinhos, abraços, sonecas a meias, banhos cheios de risos, etc (raspanetes também, porque às vezes também são precisos!), para lhe demonstrar que não há ninguém mais importante do que ele e, que independentemente de tudo, eu adoro-o e, nada mudará isso.