sábado, 29 de julho de 2017

29 julho 1997

O dia em que tudo começou! Em que me perguntaste se namorava contigo e eu disse que sim. O primeiro dia do resto da nossa vida a dois, depois a três e, mais tarde a quatro. A nossa vida, que mesmo não sendo perfeita, é a nossa! 20 anos... é uma conquista. Fazes-me feliz, adoro os teus abraços, aprendi a tolerar os teus defeitos porque as tuas qualidades são bem melhores e  maiores. Gosto-te mesmo muito...

sexta-feira, 21 de julho de 2017

O meu filho é uma comédia #especial telefonema

Um destes dias ligo ao Tomás, para saber como está a correr a tarde! Nunca lhe tinha ligado, mas já lhe tinha gravado os nossos números no telefone. Sai-me esta pérola de conversa...
Eu: Está?
Tomás: Sim? Quem fala?
Eu: Quem fala? Que nome é que te apareceu no ecrã quando atendeste o telefone?
Tomás: Mãe
Eu: Então, se calhar, é mesmo a tua mãe...
Tomás: Bem visto.....

...
...
...

No dia seguinte, ligo outra vez.
Tomás: Está?
Eu: Sim. Quem fala? (já a gozar o prato!)
Tomás: É o Tomás. Mas escusas de estar com gracinhas que eu só tenho 1% de bateria!

...
...
...

Balhamedeus.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

9 anos

Já tenho um filho na adolescência... Como é que é possível isto ter passado tão rápido?
Durante o dia de anos do miúdo, fui lembrando o que aconteceu há 9 anos atrás. A esta hora rebentaram-me as águas; aquela hora estava na enfermaria à espera das contrações; aquela hora estava com muitas dores; depois estava a sofrer horrores e, às 20:05, tinha visto o meu pequenino pela primeira vez. No dia de anos dele, dei por mim a olhar várias vezes para o garoto e a pensar que passar de 3,250 kgs de gente, para quase 40 kgs, foi num ápice, um piscar de olhos!
E, se há 9 anos atrás, tudo era uma novidade para mim: um misto de amor desmedido e medo na mesma proporção, hoje já nem sei como era antes de ser mãe, continuando, porém, a sensação de amor e medo.
O meu menino entrou na adolescência e a mim deixa-me um travo agridoce: de felicidade pelo miúdo estar a crescer bem, com saúde e alegria e, por outro lado, com o sentimento de culpa das tantas vezes em que falhei como mãe e, das vezes em que nos chateamos e em que me zanguei por coisas de somenos importância. 
Acho que fiquei em estado de choque com o aniversário do garoto e, sobretudo por esta entrada na adolescência, que tanto me assusta!
De qualquer forma, PARABÉNS, meu amorzinho! Adoro-te daqui até ao infinito, infinitas vezes!

sábado, 3 de junho de 2017

O meu filho é uma comédia #especial burla

Hoje de manhã (naquela minha fase de "o meu corpo está aqui, mas a minha alma ainda está a dormir"), o Tomás vem ter comigo com um caderninho que ele tem onde escreve coisas dele e pede-me uma assinatura! Eu, olho para o caderno e penso que ele vai treinar uma assinatura dele (eu fazia isso em miúda!!) e assino! Assim que o faço ele começa a rir. Estranhei! É então que reparo que a folha que assinei estava dobrada a meio. Ele desdobra o papel e eu leio:
Eu (o meu nome completo) declaro que deixo o meu filho crescer o cabelo. Assinatura: (a minha)
Não sei se ria ou se me assuste com o nível de premeditação! Talvez as 2 coisas...

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Como dar a volta a uma mãe... ou a um pai...

Noite de sexta feira, eu sento-me no sofá ao lado da Mafalda. Ela vira-se para mim e diz:
- Já que estás de pé, podias ir buscar-me água?
- Mas olha lá, eu não estou de pé, estou sentada!!!
- E eu também estou...
(É que fico sempre surpreendida com estas tiradas dos garotos. Já devia ter percebido que eles sabem mais que a Lúcia!)

terça-feira, 30 de maio de 2017

A minha filha também diz coisas engraçadas #especial quedas

A Mafalda tem uma apetência para o desastre. Quedas aparatosas, tropeções e afins.
Geralmente, quando ela cai e começa a choramingar, nós brincamos com ela a dizer:
- Então, filha, estás com os copos?
E ela começa a rir e responde que não.
Um dia destes, ela voltou a cair e veio ter comigo a chorar a sério. 
Eu comecei a dar-lhe miminhos e a dizer:
- Coitadinha da minha pequenina que caiu.
E ela, entre as lágrimas, suspirou:
- E não estou com os copos... 

O meu filho é uma comédia #especial aniversário

Este fim de semana fiz anos. O meu filho, que é uma criança muito distraída, nem se apercebeu disso, senão no próprio dia. Logo de manhã, comecei logo a fazer-lhe a cabeça:
Eu - Então, Tomás, o meu presente? Agora que recebes semanada, já me podias ter comprado um presente!
Tomás - Eu não sabia que fazias anos... 
Eu - Olha, vai ser essa a resposta que te vou dar no teu aniversário...
Tomás - Ó mãe, a sério que não sabia... senão teria comprado um presente para ti!
(...) Fomos passear no local onde tínhamos passado a noite e, fomos a um Mosteiro, onde iria decorrer um casamento. Ao passar no estacionamento, o Tomás grita:
Tomás - Ó mãe, eu estava a brincar contigo... Olha ali o presente que eu te comprei.... 

Sou uma sortuda!!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

O meu filho é uma comédia #especial Baleia Azul

Um dia destes, no auge da loucura do jogo Baleia Azul, íamos todos no carro e o Tomás vira-se para o pai e diz:
Tomás - Tens uma baleia na tua camisola! (era um cachalote, símbolo do Peter café Sport, nos Açores)
Pai - Pois tenho!
Tomás - Ainda bem que não é uma baleia azul...
(Aí, até dei um salto no banco!)
Eu - Olha lá, mas tu também já conheces o baleia azul???? Como??
Tomás - Ó mãe, claro que conheço... É o maior animal que existe à face da Terra!!

(Calminha, Beta, que ele ainda é novo para essas cenas maradas...)

quinta-feira, 20 de abril de 2017

O meu filho é uma comédia #especial sistema reprodutor

Há cerca de um mês, o Tomás começou a dar o sistema reprodutor na escola. Coincidiu com umas dores que ele dizia sentir na zona dos testículos. 
Todos os dias, quando o via, a primeira pergunta era:
- Então, hoje doeu? (já nem dizia nomes, porque ele sabia ao que me referia!)
Um belo dia, esqueci-me de perguntar.
Chegamos a casa e eu estava na cozinha e o Tomás vem ter comigo e diz-me muito sério:
- Ó mãe, hoje doeram-me os óvulos...
Eu, apanhada de surpresa, olho para ele e pergunto:
- Os óvulos???
Ao que ele, bate com a mão na testa como quem diz "que grande parvoíce me saiu agora!"
- Nãããão, os ovários!!!! 

.....

.....

Escusado será dizer que esta há-de ficar para todo o sempre na lista de piadas da família!

segunda-feira, 3 de abril de 2017

O meu filho é uma comédia #especial o drama, a tragédia, o horror...

Hoje o Tomás magoou-se no pé. Escorregou e bateu com o calcanhar na banheira. Adoro aquela criança, mas a sua veia de homem fez com que chorasse baba e ranho (atenção que eu acho que lhe doía a sério). Depois dos miminhos da praxe, tentei calçar-lhe a meia. Chorou que lhe doía horrores e não conseguia. Saiu da casa de banho e foi amparado por mim e ao pé coxinho. Segundo ele, doía-lhe até os dedos do pé que eu sugeri que poisasse no chão! Chegados a este ponto e, farta de o ver a saltitar pela casa, de pé no ar, fui buscar-lhe a minha bengala de curso. E, da cozinha, só ouvia uns saltinhos acompanhados do respetivo "toc", "toc", "toc" da bengala...
E, quase 15 anos depois, a bengala tem nova utilização! Vai na volta, leva-a amanhã para a escola... Boys... pfff

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Brincadeiras de domingo de manhã

Enquanto estou a beber um café na cozinha, ouço os miúdos a brincar na sala e percebo que é às mães e aos pais.
Andam atarefados com os "filhos" porque um vomitou e fez cocó e o outro está a fazer asneiras e não quer dormir!
Passado um bocado falo com a Mafalda e pergunto pelos meus "netos" e ela dá-me a triste notícia que o "filho" que fez asneiras foi com o polícia!
- Mafalda, os polícias não levam os meninos por fazerem asneiras!! Alguma vez algum te levou ou ao mano?
- Mas levou a Minnie (a filha) porque ela fez muitas asneiras! Eu sou a mãe e quem manda em casa sou eu!!

Temos ditadora! 😊

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

A minha filha também diz coisas engraçadas #especial actividades

Ontem, o Tomás chega a casa com um "quantos queres". A Mafalda fica maravilhada com aquele objeto novo para ela e pergunta:
- Onde fizeste isso?
- Fiz em ALE (para quem não sabe é Atividades Lúdico Expressivas e lê-se "ALÉ")
- Ohh, mas tu também andas no ballet?
...
...
...

sábado, 14 de janeiro de 2017

O meu filho é uma comédia #especial quedas

- Pai, hoje caí em Educação Física.
- Ah foi? Que aconteceu?
- Tropecei numa folha... molhada!!
...
...
...

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

A minha filha também diz coisas engraçadas #especial

- Mãe, estão a tocar à pancaínha... 

2017


Acabou 2016. Não foi um ano especialmente bom, nem especialmente mau. Não vai deixar saudades! A perspetiva de ter um ano novinho em folha para sonhar, traçar objetivos e estabelecer metas a vários níveis deixam-me sempre com um friozinho na barriga. Desejo tanto para 2017 que, mesmo sabendo que muitas coisas não se concretizarão, a esperança está cá. E é imbuída deste espírito que inicio mais um ano, com o meu núcleo duro e com a minha família de coração. Que 2017 seja O ano..